Livro | Bloom

11:00

   Andava doida com este livro e, cheia de sorte, recebi-o do Ricardo. Já vos falei dele aqui e já sabem que o devorei rapidamente, mas só hoje consegui dedicar-lhe o tempo que ele merece para um post como deve ser. É um livro que transborda otimismo mas que não descura as dificuldades com que nos deparamos no nosso dia-a-dia e só me fez adorar ainda mais a Estée.


   Para quem não sabe, a Estée Lalonde é uma YouTuber canadiana que reside no Reino Unido e que é inspiradora a todos os níveis. Os vídeos dela são simples e, na minha opinião, fogem aos vídeos comuns devido ao cunho pessoal tão notável que ela lhes confere.


   Mas não é dos vídeos dela que vos quero falar. O livro é inspirador, desde logo, ao toque e ao olhar. De capa dura, tem tecido na parte superior e tem diferentes tons pastéis para cada um dos diferentes capítulos. Só pelos detalhes já é arrebatador e, sem dúvida, o melhor encadernamento da minha estante.
   Além disso, a forma de escrever da Estée remete-me imediatamente para a forma de falar dela: simples e sem artificialismos. Neste livro ela aborda coisas básicas como produtos de beleza e indispensáveis do seu guarda-roupa, mas vai muito além disso. Fala da família, da sua infância e da forma como se sentia, de como conheceu o Aslan e de como criar o blog e o canal deram a volta à sua vida.


   Clichês à parte, fala ainda do seu corpo e de como se sentia mal com ele, de todo o caminho que teve de percorrer para se aceitar e se sentir bem com ele. Passa uma mensagem forte e da máxima importância para quem vive o mesmo problema, onde a Estée transmite segurança e esperança com base na sua própria experiência de vida.

Autora: Estée Lalonde
Páginas: 249


   Para além disso, são também abordados temas menos felizes, como a ansiedade e a depressão. Mas, apesar da conotação negativa que atribuímos a estas perturbações, a Estée não perde o otimismo e a força de vontade quando fala delas e da sua experiência. Para mim, isso revela toda a genuinidade e pureza dela que são visíveis mesmo quando fala de fases da vida onde tudo parece cinzento.
   Por fim, o último capítulo do livro fala de comida e nele foram incluídas algumas receitas. Sem dúvida que, para mim, isto simbolizou surpresas até à última página.

   Houve diversas citações do livro que me marcaram particularmente e, de entre todas elas, selecionei duas que, penso eu, poderão inspirar todos vocês da mesma forma que me inspiraram a mim.


   Acho que concordam comigo quando digo que a Estée é inspiradora até mais não. Como se não bastasse, este foi o primeiro livro em inglês que li de fio a pavio o que - para mim que antes era uma naba a inglês - é muito bom.

   Para terminar em bom, e como diz a Estée, "fear the fear and do it anyway".

   E vocês, conhecem a autora? Já ouviram falar do livro?

  P.S.: Boa Páscoa! ♥






• • •
Podes acompanhar-me também aqui:

You Might Also Like

7 comentários

  1. Eu quero muito ler esse livro, principalmente porque a história de vida da Estée é muito semelhante à minha. Eu identifiquei me muito com ela. Também adoro os vídeos dela e acho que se o livro for tão bom quanto os vídeos, vale muito a pena ler.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Não conhecia a autora nem o livro mas parece-me um excelente livro. Beijinhos*

    ResponderEliminar
  3. Eu confesso que não a conheço, mas tenho ouvido falar tão bem do livro que é inegável querê-lo para mim!

    THE PINK ELEPHANT SHOE // INSTAGRAM //

    ResponderEliminar
  4. AH! Quero muito ler esse livro há uma série de tempo!

    ResponderEliminar
  5. Acho que vou esperar pelo filme, quando sairá?

    ResponderEliminar
  6. Se queremos ler? Muito muito, desde que foi lançado.
    Neste momento estamos só à espera que o carteiro toque à campainha! ahaha

    Beijinhos
    IndigoCrush

    ResponderEliminar

Muito obrigado pela tua visita e comentário. Clica em "Notificar-me" para saberes a minha resposta.
Assim que possa irei ao teu blog retribuir o carinho. ♥